segunda-feira, 5 de novembro de 2007

É...

... verdade

Há uns tempos ao jantar num restaurante vegetariano descobri uns petiscos quais manjares dos Deuses um dos quais tratando-se nada mais nada menos que umas pataniscas de courgettes. Tentei reproduzir e não saiu mal. Entretanto repeti algumas vezes, uma das quais para levar para uma festa. Pensei que eram muitas, mas das três duzias não sobrou nem uma e quase fui estrangulado por não ter levado mais. Babei perante os elogios. Eu gosto de agradar. Com estes e outros mimos eu tento fazê-lo.

Pataniscas de courgettes (à minha maneira)

1 1/2 chavena de farinha
2 colheres de azeite
03 ovos
1/2 chavena de leite magro
courgette q.b.
1/2 cebola picada bem fina
salsa ou coentros (prefiro coentros)
Temperos a gosto

Numa taça juntei o azeite e os ovos à farinha, juntamente com as ervas e os temperos até ligar bem. Juntei o leite. Aqui junta-se mais leite se necessário de modo a criar uma massa pastosa (não liquida).
Acrescentei a courgettes cortada em pedaços bem pequenos e a cebola picada.
Fiz fritar colheradas da massa em oleo bem quente.
Para aperitivo sugiro utilizar colheres de sopa. Para refeição sugiro colheres de servir.
Conforme acabavam de fritar colocava-as sobre papel de cozinha absorvente.

Segundo apurei há tempos atrás, os turcos servem-nas com molho de iogurte e ervas frescas, hortelã por exemplo. Com Couscus de legumes ficam igualmente uma maravilha.




Salada de Feijão Frade (Feijão Fradinho?)

Feijão frade cozido em casa pois foi muito raro ter utilizado feijão enlatado... o gosto não tem nada, mas nada a ver... estão a ver a Feira da Ladra e o Cristo-Rei? Não é a mesma coisa.
Arroz integral cozido
Cebola picada fina
Coentros picados
Ovos cozidos e picados
Coentros picados
Sal
Vinagre
Azeite

Coloquei por camadas numa taça que temperei devidamente mas servi assim no prato:



Papas de Milho (mingau de milho?)

A penultima vez que fiz saiu um desastre. Acho que fiz com a farinha de milho um pouco mais grossa.
Desta vez não saiu nada mal. Pelo menos a minha cobaia de ocasião não se queixou.

Fiz assim:
Fervi 7dl de leite juntamente cum um pau de canela e uma tira de casca de limão e cinco colheres de sopa de açucar amarelo. Baixei o lume, retirei a casca de limão e o pau d canela e fui juntando farinha de milho (fina), mexendo bem, até engrossar ligeiramente, ficando uma papa rala. O meu conselho é mexer com aquelas varas de bater os ovos (não lembro o nome exacto). Acrescentar quem gostar, uma simples gema de ovo batida, mexendo com todo o cuidado para a gema não cozer ficando em fios e sim ficar tudo homogéneo.
Deixei arrefecer, coloquei em taças de vidro e polvilhei com canela em pó.
Foi a refrescar ao frigorifico antes de servir.

6 comentários:

Eliana Scaramal disse...

Não isso não está correto?!?! Como um amigo tão querido faz tudo isso para um evento e não manda o convite?!?! Aff** Deus é mais!! As patinescas eu comeria um tanto, depois comeria a salada de feijão fradinho pra deixar a conciência tranquila pra logo em seguida deixá-la pesada me acabando na sobremesa. risos

pipoka disse...

Gostava de lhe fazer uma pergunta: acha que as pataniscas ficam muito mal se as curgetes forem raladas (como se fosse cenoura)?

Eu depois venho cá espreitar a resposta! Obrigada.

Nogueirajcs disse...

Eu uma vez disse a umas pessoas que para mim culinária é magia e amor, sendo nós como que pequenos Deuses que transformam os alimentos, as cores os sabores...

Não acho que as pataniscas fiquem "muito mal" com as courgettes raladas. Fiz uma vez com elas raladas e resultou muito bem. Da próxima vez faço com courgette ralada grossa.

Normalmente faço com elas bem picadinhas, mas desta vez foram pedacinhos um pouco maiores. Acho que voltar ao método anterior. Prefiro-a bem picadinha.

Dou um conselho.... além de ralar a courgettes, rale também a cebola... e depois diga :) (sorriso)

Coentros, muitos coentros. Adoro coentros em tudo ou quase.

Camila L disse...

Oi, Nogueira. Primeiro quero agradecer a visita ao meu blog!

Sobre sua pergunta, eu de fato misturo tudo na fôrma removível porque a minha é do modelo que tem uma trava (bem comum aqui no Brasil, pelo menos) e assim não perco o fundo ao apertar o garfo. Além disso, é uma tigela a menos para lavar depois :-)

As bolachas maizenas, se nào me engano, sãs as Bolachas Maria aí em Portugal. Mas acho que nossa querida Elvira pode esclarecer melhor :-p Vou verificar e te informo.

Um abraço!

Anette disse...

Sim, as farinhas sei que são estas quantidades, tudo o resto, é a olho! é claro que esta quantidade varia com o nº de pataniscas que se queiram fazer... Referentes às mihas pataniscas de veggies...
Beijinhos

Natércia disse...

Eu digo o mesmo da Eliana pois até moro mais perto e não tenho convites para coisas tão boas adorei.um abraço.Natércia...